"V for Vertigem" Vertigem HQ

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

War Heroes-
Heróis de Guerra #02 de 06


Antes da resenha, só esclarecendo, mesmo essa série tendo começado em Julho de 2008, até hoje, só temos essas duas edições mesmo, problemas de saúde de Mark Millar, outros projetos e a iminência deste título se tornar um longa-metragem o fizeram atrasar, mas à medida que novas edições forem saindo tentaremos postá-las aqui. Nesta edição: o Plano de infiltração no Projeto Olympus de Calvin e seus amigos começa a tomar forma. Alistados, eles têm contato com as pílulas de superpoderes e após semanas de exercícios e treinos, finalmente têm a chance de pôr em prática aquilo que há meses planejavam... e o que é? Leia esta edição! Roteiro de Mark Millar e arte de Tony Harris.
Tradução, capa e Títulos de Von DEWS!
Letras de Seraph_Zinn

Marcadores:

4 Comments:

Blogger Carlos gritou...

Show! Tava esperando essa com ansiedade!

terça-feira, fevereiro 24, 2009 11:03:00 AM  
Anonymous Seraph_Zinn gritou...

Viu Von, acho que a demora é por causa do Tony Harris que tá terminando de desenhar a série Ex-Machina. E acho que é porque vão produzir filme da hq, então acho que o final vai sair só quando o filme tiver pronto... heheh

terça-feira, fevereiro 24, 2009 5:30:00 PM  
Blogger R. DuGaTTo gritou...

Pq não The Boys?
Bah cara é a série que eu mais aguardo, continuo perseverando aqui no blog com a esperança de carregar a página e ver algumas das novas edições mas.............nada!

Lembram do Prelúdios e Noturnos do Neil Gaiman? quando o Sandman lutou contra aquele demônio [Choronzon], nos círculos infernais, ele apenas venceu assumindo que a ESPERANÇA é a última que morre, mas já estou começando a ter minhas dúvidas quanto a isso. Minha esperança vai desvanecendo.. não sei se estou sendo precipitado mas, BAH Von Dews!!! não é possível que vocês tenham um cronograma tão prolixo como esse sem nenhum espaço para a publicação dos Rapazes. Acho que pelos comentários do blog se percebe que essa é uma das séries mais queridas dos leitores aqui do Vertigem (além de Walking Dead, é claro), mas em compensação é uma das que menos aparece. Por acaso tu, particularmente, não curte The Boys?

terça-feira, fevereiro 24, 2009 5:43:00 PM  
Blogger Von DEWS! gritou...

Cara R. Dugatto,
Em primeiro lugar, sim, eu curto, e MUITO, The Boys, senão não traduziria e faria as letras da revista...
O que acontece com The Boys (e da mesma forma com 100 Balas, Transmetropolitan, ou Invisíveis, apenas para citar 4 autores - Ennis, Azzarello, Ellis e Morrison - de quem todos nós gostamos muito e esperamos ansiosamente por novas edições) é o seguinte:
Não são textos simples! Todo mundo pode falar, "ah, eu traduzo então", mas o que acontece é que traduzir é fácil, mas na hora de deixar o texto "inteligível", tudo muda de figura. Se eu deixasse as revistas saírem exatamente como vem traduzidas, vocês teriam que ler 4 vezes e mesmo assim nõa daria pra entender... Desculpe, se pareci pretencioso, não é a intenção, mas uma coisa é traduzir The Walking Dead, que tem um texto linear e de fácil compreensão, outra é The Boys, que além de apresentar muitas gírias, neologismos (expressões que só Garth Ennis consegue inventar), e muitas refêrencias - à guerras, à cultura pop, e a fatos históricos(distorcidos ou não), necessita de uma fortíssima adaptação. E muita pesquisa, já passei um dia inteiro procurando deixar o texto fluido e compreensível.
E em segundo lugar, isso é uma coisa que não dá pra fazer a "toque de caixa",como dizem... eu gosto de fazer tudo da melhor forma possível, de deixar sem erros de ortografia, sem erros de tradução e principalmente, de uma forma que todos compreendam a história. E, infelizmente, isso NÃO é fácil.. nem rápido. Eu não recebo um centavo por isso, e é um trabalho danado, que sim, me cansa, mas que eu APRECIO MUITO de fazer. E que tenho orgulho dele, pois tenho consciência de que está bem feito.
Então isso não é uma desculpa, nem um motivo para os atrasos, e sim uma explicação (extensa, como sempre) para todos saberem que nada é deixado de lado, mas meu "egocentrismo" me manda fazer todas as revista com o máximo de cuidado e esmero, e isso pode levar tempo dependendo do título que for. E com a mente (e alma) conturbada como foi esse fim de 2008/começo de 2009 preferi deixar as revistas mais complexas pra depois, para não comprometer o resultado final.
Essa é a razão, mas já estou com as edições #23 até 27 engatilhadas aqui. Mas só peço compreensão, e repito, qualquer um tem o direito de fazer uma versão, mas fazer bem feito vem em primeiro lugar do que fazer com pressa... e The Boys se encaixa perfeitamente nesse caso.
Obrigado pela atenção.

terça-feira, fevereiro 24, 2009 10:06:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home